Seg, 16 de Janeiro de 2017 14:06

Otimismo, firmeza e determinação

Escrito por  Antônio Roberto Sandoval Filho
Dar nota para esse item
(11 votos)

Espero que você tenha feito uma feliz e tranquila passagem de ano – voto que estendo a todos os demais clientes da Advocacia Sandoval Filho e aos fiéis leitores deste Blog.


Começamos 2017 com um espírito de moderado otimismo e firme determinação para fazer com que sejam cumpridas, por estados e municípios, todas as regras de pagamento dos precatórios. Haveremos de chegar, ao final de 2020, com TODOS os precatórios pagos, seguindo determinação expressa do Supremo Tribunal Federal.


Só assim veremos a superação de situações esdrúxulas como a que se verifica com o Estado de São Paulo. A dívida atual do governo com precatórios, estimada em 22 bilhões de reais, é mais ou menos a mesma de cinco ou de 10 anos atrás. Ou seja, o Estado paga de um lado e cria novos passivos de outro. E a dívida permanece a mesma.


O estoque dos precatórios permanece o mesmo ano após ano. É preciso acabar com essa ciranda que gera prejuízos para milhares de servidores públicos e que representa um péssimo exemplo que o Estado dá aos seus próprios cidadãos. Quem deveria dar o bom exemplo acaba agindo em desrespeito à lei e à Justiça.


As novas regras recém-aprovadas para pagamento de precatórios permitem que estados e municípios lancem mão de novas fontes de recursos, como os depósitos judiciais para honrar as suas dívidas. Desde outubro de 2015, o Estado de São Paulo já levou para os cofres públicos R$ 3,4 bilhões em depósitos judiciais. E poderá agora ter acesso a mais R$ 6 bilhões.


Esses quase R$ 10 bilhões devem ser destinados ao pagamento dos precatórios. Ou seja, o governo paulista terá em mãos quase a metade do valor que irá precisar até 2020. Não há, portanto, como alegar falta de recursos. O desembolso mensal, para a quitação completa até 2020, terá de passar dos R$ 170 milhões por mês destinados a isso no ano passado para R$ 460 milhões por mês a partir de janeiro de 2017.


Vamos ficar de olho e acompanhar tudo de perto, com o inestimável apoio e luta por parte da Comissão de Precatórios da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/SP) e dos companheiros e amigos do Madeca, movimento que reúne os advogados dos credores alimentares.


É isso, meus amigos. Vamos seguir nossa luta, com confiança, otimismo e determinação. O Brasil é maior do que a crise. E a Justiça deve merecer total respeito. Vamos lutar sempre para que as decisões judiciais definitivas sejam cumpridas – seja quem for o autor, seja quem for o réu.


Até fevereiro, se Deus quiser!


Antônio Roberto Sandoval Filho
Sócio-fundador da Advocacia Sandoval Filho

 



Última modificação em Seg, 16 de Janeiro de 2017 14:17
Efetue o login para postar um comentário

SiteLock
+ Recentes + Visitados
A Advocacia Sandoval Filho informa que o recebimento de e-mails estará suspenso entre os dias 17/12/2016 e 8/01/2017 por conta do período de recesso do Escritório.
Pedimos a gentileza de retornar o contato a partir do dia 9/01/2017. Agradecemos a sua compreensão.

fechar